terça-feira, 16 de agosto de 2011

128

Epilepsia e Maternidade

Coisa que muito pouca gente sabe é que eu sou epilética! Quer dizer, sabia né, agora que tá no blog é informação de domínio público rs. 
Bom, eu não costumo falar muito por que a epilepsia, embora faça parte da minha vida e me avise todos os dias que ela existe, não interfere muito no meu dia a dia. Mas ah, como interferiu nos meus medos durante a gestação. Por isso estou escrevendo esse post, para as mulheres epiléticas saberem que podem sim ter uma gestação completamente normal e saudável desde que se planeje e faça um acompanhamento pré natal com o ginecologista e neurologista. 
Quem toma anticonvulsivantes não pode tomar nenhum tipo de pílulas anticoncepcionais (pode, mas o efeito é reduzido, e aí quem confia?) e deve ter um cuidado redobrado no início da gestação, assim o medo de engravidar sem aviso prévio sempre rondou minha vida.
Quando eu tinha 17 anos fui em uma consulta de rotina no meu neurologista e fui pega de surpresa com o seguinte discurso: "Bruna, agora você está em idade fértil, mas quero que entenda que se engravidar tomando os seus remédios seu filho vai ser todo deficiente e eu não vou cuidar de você! Entendeu?"
Ô se entendi, não só entendi como chorei e tive esse fantasma presente na minha vida até o dia do nascimento do Pedro... que de deficiente não tem nada!
Claro que depois desse neurologista eu busquei outras informações e resumindo, os anticonvulsivantes aumentam sim a porcentagem de má formação fetal, especialmente na formação do tubo neural, que acontece nas primeiras semanas de vida do embrião, justamente quando a mãe ainda não sabe que está grávida e não toma nenhum cuidado especial. Por isso é importante que a mulher epilética tenha uma gravidez planejada e que comece a tomar ácido fólico 3 meses antes de engravidar. Além disso a mulher deve estar estável e sem ter crises convulsivas, os anticonvulsivantes devem estar na menor concentração efetiva possível e de preferencia que seja um ativo apenas (o que nem foi meu caso e mesmo assim deu certo... tão certo que quero engravidar de novo!).
Pesquisei um pouco e essas são as maiores dúvidas das mulheres epiléticas quanto à gestação e maternidade:

A epilepsia pode ser transmitida aos filhos?
A epilepsia não se transmite necessariamente aos filhos.
Apenas em alguns tipos de epilepsia poderá haver um fator hereditário.

E pode engravidar?
Não há nenhum inconveniente importante que impeça uma mulher com epilepsia de poder engravidar e de ter um filho saudável.
Contudo, esta deve planejar a sua gravidez, consultando previamente o seu médico assistente. Assim, poderão tentar-se algumas medidas com vista a diminuir os riscos da medicação para o feto evitar certos fármacos, tentar a monoterapia (tratamento com um só medicamento), ajustar as doses, associar certas vitaminas (Á cido fólico, vitaminas K), se ainda as não estiver a tomar.
No caso de uma gravidez não planejada deve contatar, logo que possível o seu médico assistente, para que este, depois de avaliar a situação, possa orientar o tratamento durante o período de gravidez. Normalmente é necessário uma maior vigilância com consultas e exames mais frequentes.

O uso de medicamentos anti-epilépticos durante a gravidez poderá provocar lesões no bebe?
Embora ainda seja discutível o efeito teratogéneo (possibilidada de provocar malformações) de alguns anti-epiléticos, parece haver um risco ligeiramente maior que o existente na população geral.
No entanto, o efeito nocivo de alguns tipos de crises epilépticas pode ser mais graves que o dos próprios medicamentos. Pode-se mesmo afirmar que é preferível o pequeno risco que advém da toma destes medicamentos, na gravidez, do que o risco (elevado) em consequência de crises não controladas na mãe e que podem repercutir sobre o feto.
Em caso algum, portanto, deverá ser interrompida abruptamente a medicação.

A mãe com epilepsia poderá amamentar o seu filho?
A mãe, quando medicada para a sua epilepsia, pode e deve amamentar o bebé. Isso vai permitir que a criança continue a receber pequenas quantidades desses fármacos, que já antes passam através da placenta e cordão umbilical, evitando assim os síndromos de abstinência, provocados pela falta repentina desses medicamentos no bébe.
Fonte: Liga Portuguesa contra a Epilepsia, Sanofi aventis

EDITADO EM 12/01/2015, por BRUNA:
Tenho tido muitas procuras solicitando informações, ajuda ou apenas para repartir as angustias, ansiedades e felicidades.
Sinto muito as vezes não poder ajudar como precisam, por que não sou médica, só tenho informações da minha experiencia como epiletica e mãe, além das coisas que li.
Por isso criei um grupo no facebook para nos reunirmos e trocarmos informações.
Espero que possam aproveitar.
Beijos
Bru
https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

128 comentários:

  1. Muito interessante Bruna. Que bom que deu tudo certo pra vcs!compartilhar esse assunto é importante pq a epilepsia ainda é rodeado por muitos tabus que precisam ser quebrados!

    o entendimento leva a uma melhor maneira de lidar com esses assuntos "desconhecidos" por muitos

    http://olhardepsicologa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nao gosto nem de conversar sobre esse assunto com pessoas q nao entendem, falam tanta besteira! Minha esposa é hepiletica, nao foi uma gravidez planejada e ainda pela minha ignorancia tirei o medicamento qdo soube da gravidez e ela passou a tomar exporadicamente e então era uma crise atras da outra e mesmo assim meu filho nasceu perfeito, porem ele é muito ativo, superativo talvez, será q é decorrencia dos medicamentos? alguem me responda por favor?

      Excluir
  2. Muito interessante... eu pesquisei muito sobre isso... pq eu tomo anti-convulsivo e eu penso em engravidar no futuro pq é um dos meus maiores sonhos ser mãe, mas pelo que eu vi não tem nenhum problema, mas tem quer ter acompanhamento medico... e fiquei muito feliz em saber que posso amamenter... mas eu ainda to muito nova, talvez da qui pra la eu ja tenha parado de tomar, Deus quiser...

    ResponderExcluir
  3. Muito interessante tudo isso. Eu tomo anticonvulso e hoje estou com medo de estar grávida. Acabou acontecendo comigo essa semana, e posso estar, mas tenho medico daqui a 7 dias, tenho medo de estar e esses simples 7 dias ja nao fazerem bem. Sou louca para ser mãe, mas tenho muito medo justamente por esses remédios nao me deixarem engravidar ou então de ter um filho com algo porque acho que jamais aceitaria ter um filho que sofresse as consequencias do que eu tenho. Que passasse por qualquer coisa por causa de mim. Tenho tanto medo disso. Bom, linda sua história. Ja eu, terei que esperar mais uma semana.

    ResponderExcluir
  4. Muito bom esse post. Veio para me deixar mais aliviada. Mês que vem serei mamãe, tomo anti-convulsivantes e engravidei por um acidente, mas amo meu filho, porém no início da gravidez a questão da mal-formação me assombrou, hoje sei que meu filho está bem, o que mais me deixava e deixa preocupada é a questão da amamentação...muita gente me diz que não vou poder amamentar, fico muito triste por isso, mas vi aqui que isso não será um problema. Parabénns pelo blog.

    ResponderExcluir
  5. Excelente atitude , essa postagem, me deixou mais segura!
    Não planejei gravidez, contudo ja não tomava anti-convulsivantes a alguns anos, devido a não mais ter crises tão constantes. Minha filha considero um verdadeiro milagre.Agora com 21 dias linda perfeita. Passei a gravidez completa sem sentir nenhum sinal da epilepsia, mesmo sabendo que ainda a possuo e provável que a carregue por toda vida.. Amamento ela, fico com ela, só estou tomando cuidados de não ficar sozinha com ela por muito tempo quando pre-sinto algo relacionado a epilepsia, no meu caso sinto dias antes uma possível crise. Parabéns..curta, nós também merecemos poder ter essa dadiva de sermos mãe!

    ResponderExcluir
  6. Bem quero dizer o quanto estou grata por vc ter a coragem de espor seu problema para tantas mulheres que sofrem com esse problema e ñ é só ele mais quem tem fobia que precisa também tomar anti-convulsivante.
    Quero engravidar e tomo o remedio por causa da fobia que tenho e meu companheiro quer muito ser pai ja falei com medica uma disse que ñ poderia e era do plano mais a que fui sem muita confiança do posto de saude me desse que sim que vai cuidar de me e trocar as medicações enchi ela de abraço. Vc esta de parabéns e que venha outro filho pra sua vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claudia,
      Ola querida, Sugiro que consulte um genecologista e um outro médico que trate fobias (não sei se é neurologista ou psiquiatra). Eu fui em uns 5 neuros até ter certeza e para todos eu perguntava sobre uma gravidez.
      No MEU caso o que fizemos foi uma dosagem do remédio no sangue, pra eu tomar o mínimo possivel sendo eficiente, seria bom tomar apenas gadernal, mas não consegui ficar sem o tegretol junto, e por 3 meses antes de engravidar tomei acido fólico, isso é importantissimo..... Agora meu filho está com quase 2 anos, estou tomando acido fólico de novo, por que quero um novo bebe e sei que vai dar tudo certo mais uma vez... beijos! Boa sorte, que Deus te abençoe!

      Excluir
    2. Andréa Guimaraes19 de abril de 2013 11:13

      A todas obrigado pela informação. Bruna adorei seu blog. Tenho 33 levo uma vida normal mas tenho eplepsia desde os 14 anos. Levo uma vida normal, sou casada e tenho muita vontade de ter filho. Já procurei vários tipos de médicos e acabei voltando para o mesmo. Ele me disse que eu poderia ter filho, mas que teria a possibilidade de ter uma má formação no feto( ele foi bastante realista), mas não tirou a possibilidade de tentarmos diminuindo o remédio. Na época (3anos atras) passei a tomar somente o Tegretol para diminuir a possibilidade de ter má formação no feto e quando estava perto de deixar a medicação tive outra convulsão. Fiquei arrasada. Começamos tudo de novo aumento a medicação para o Depakote ( 3 por dia) e mais o Tegretol( 2 por dia). Depois de alguns anos ele agora esta tentando diminuir o Tegretol para depois tentarmos diminuir o Depakote. A minha preocupação foi que ele me disse que o Depakote é mais forte, então a possibilidade seria maior de ter má forrmação e eu não poder engravidar, entende?! Obrigado a todas pelas informações me trouxe um pouco de esperança. Beijos

      Excluir
    3. Andréa Guimaraes,
      eu tomo gadernal + tegretol, e essa combinação de ativos tb não é o ideal.
      O que soube é que a má formação por anticolvulsivantes ou é muito no início o que inviabiliza a continuação da gestação ou é algo possivel de ser remediado depois com uma cirurgia, mas em todos os casos são raros, não é tao comum assim. Os medicos me disseram que remédios pra dor de estomago como dramim são mais perigosos do que anticonvulsivantes. O ideal é tomar o ac fólico que ajuda muito.
      Bom desde que escrevi esse post aconteceu uma coisa que vcs precisam ficar sabendo, afinal nem tudo são flores e precisamos ser realistas com as amigas que tem o mesmo problema.
      O Pedro continua lindo e saudável, nenhum sinal de epilepsia ou qualquer outra doença, é perfeitamente saudável.
      Mas eu engravidei novamente, como tanto desejávamos, e estava tomando ac fólico. Porém devido à má formação eu perdi esse bebe... Foi muito no início e nenhum estudo pode ser feito, dessa forma eu nunca saberei se foi devido aos anticonvulsivantes ou se foi um aborto como é mesmo esperado em 20% das gestações....

      Na minha opinião, de quem não é médica, mas é mãe e epilética, se os médicos controlaram os anticonvulsivantes e o GO indicou ac fólico, não tem por que ter medo, além dos médicos Deus está no comando... Eu tenho o Pedro que é a prova do meu milagre... e novamente estamos tentando, sei que essa terceira gravidez será como a primeira, e teremos logo um novo bebezinho nos braços!

      beijos

      Excluir
    4. Bruna quero lhe parabenizar pelo blog e por sua coragem. Tenho 35 anos e minha mãe é epilética, assim como muitas de vocês ela passou por todos esses medos e eu e minhã irmã somos normais,.também somos mães e os nossos filhos tb crescem saudáveis. Hoje minha mãe tem 67 anos e nesse mes de abril teve uma crise, todas nós ficamos arrasadas, afinal ficamos 6 anos em paz, mas Deus está conosco. Abraço Karina

      Excluir
    5. Oie...adorei o post e gostaria de dizer que também sou epilética e estou grávida de 38 semanas...e as dúvidas de amamentação tomando o fenobarbital surgiram agora...por isso é importante ter médicos para orientar você neste período...

      Excluir
  7. Bem quero dizer o quanto estou grata por vc ter a coragem de espor seu problema para tantas mulheres que sofrem com esse problema e ñ é só ele mais quem tem fobia que precisa também tomar anti-convulsivante.
    Quero engravidar e tomo o remedio por causa da fobia que tenho e meu companheiro quer muito ser pai ja falei com medica uma disse que ñ poderia e era do plano mais a que fui sem muita confiança do posto de saude me desse que sim que vai cuidar de me e trocar as medicações enchi ela de abraço. Vc esta de parabéns e que venha outro filho pra sua vida.

    ResponderExcluir
  8. adorei o blog....to pensando em engravidar, tomo gardenal a 9 anos e estou cheia de medos...
    Agora o médico quer mudar para tegretol e ai vamos ver....mas não sei o que é pior....gardenal ou tegretol???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Katherine,
      não tenho conhecimento médico para te dizer qual o melhor, mas o que todos os neuros me disseram é que o ideal é que seja um tipo de remédio apenas. No meu caso eu tomo tegretol 3 comprimidos + Gadernal 1 comprimido de 100mg tb, por dia.... o ideal seria ter engravidado apenas com o tegretol ou apenas com o gadernal... mas como isso aumentaria a chance de uma convulsão engravidei com ambos. O que todos os médicos me disseram tb for que o Depakene é o mais perigoso, um terceiro ativo anticonvulsivante. De qualquer maneira 1 comprimido de 100 por dia é muito pouco, acho difícil que interfira na gravidez, mas sabemos que existem estudos que mostram que os riscos aumentam e não podemos fechar os olhos. O mais importante agora que pensa em engravidar é tomar acido fólico, antes mesmo de engravidar, isso é importantíssimo.
      Hoje meu filho está com 1 ano e 10 meses, não tem nenhum problema de saude graças a Deus, e estou tentando engravidar novamente...
      Beijos!

      Excluir
    2. Gradenal é muito pior com certeza.Meu médico mudou para oxcarbazepina e tudo correu perfeitamente.

      Excluir
    3. Gostei muito desse blog a 6 anos atrás quando tive meu primeiro filho tive uma pré eclanpicia e sofro com isso até hoje tomo 2 tipo de remédio 1 três vezes ao dia carmabezepina e um na hora de dormir depakote estou preocupada pela quantidade de remédio

      Excluir
    4. eu creio que em nome de jesus vcs estão curadas como jesus me curou da epilepsia ,ira curar vcs tb amem
      .

      Excluir
  9. Olá adorei o blog.....tomo gardenal 1 comp de 100 mg apenas a 9 anos e hj quero engravidar...estou cheia de medos...o meu médico quer que eu passe para tegretol...e agora não sei mais de nada...qual é pior...tegretol ou gardenal....affe que confusão...fato....bjs e amei ler os posts

    ResponderExcluir
  10. adorei o blog....to pensando em engravidar, tomo gardenal a 9 anos e estou cheia de medos...
    Agora o médico quer mudar para tegretol e ai vamos ver....mas não sei o que é pior....gardenal ou tegretol???

    ResponderExcluir
  11. Olá Bruna! Adorei o post sobre epilepsia. Estava procurando sobre o assunto pois minha cunhada (que também se chama Bruna) faz uso de Tegretol e descobriu que está grávida de 5 semanas. Será que você poderia me passar o nome de algum neuro que conheça? ou que tratou de vc? Sou de Mogi das Cruzes, próx. a São Paulo, e infelizmente por aqui os médicos não são bons...
    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vivian,
      Meu neuro é de São Bernardo do Campo, Dr. Dirk. Mas qndo eu estava grávida eu morava em Itu (que com certeza tem mais dificuldades com médicos do que Mogi rs), e lá eu tratava com a neuro do plano da empresa... mas nesse caso mais importante ainda é a Ginecologista, embora ela deva continuar o acompanhamento com o neuro...
      Ela tem que tomar o ac fólico e fazer todas ou mais ultrassons.
      Se ela estiver sem crises a gravidez vai tranquila, se Deus quiser...
      beijos para todas...
      Bru

      Excluir
    2. Obrigada pela ajuda Bruna! Vou repassar essas dicas pra ela. Tudo vai dar certo, se Deus quiser! bjosss

      Excluir
    3. OLá Bruna, td bem?
      Estou aqui pra dizer que o seu blog foi muito importante e ter o seu relato me ajudou bastante. No último post que te escrevi que minha cunhada estava grávida de aprox. 1 mês e agora já está com 7 meses. A bebê (menina) está perfeita e deve nascer no começo de agosto. Estou muito feliz por estar tudo bem com ambas! Achamos dois médicos ótimos em sp e tudo está ocorrendo bem! Muito obrigada!! Fique com Deus!

      Bjoss

      Excluir
    4. OI Vivian Moraes, eu vi o seu relato e me emocionei, vc pode por favor, indicar quais são os médicos? é muito importante termos médicos bons, eu também gostaria de engravidar, mas tenho muitoo medo, por favor, quais os médicos que a sua cunhada está passando? obrigada pela informação.

      Excluir
    5. Olá Vivian, por favor, quais são os médicos, tenho o mesmo problema e quero muito engravidar, mas tenho medo, por favor, indique os médicos.

      Excluir
    6. Oi,Vivian... Tbm me chamo Bruna, tbm sou de Mogi e tbm sou epiléptica. Já perdi um bebê no ano passado por mal formação e estou ensaiando para engravidar de novo. Quem são os médicos da sua cunhada em Mogi? Gostaria de conversar com alguns para ouvir outras opiniões.

      Excluir
  12. Como é bom ler relatos como seu, também tenho filho de 6 anos e tomei depakene na gestação, pois tegretol que é menos agressivo não controla minhas crises. Meu filho é perfeito e super inteligente e já penso em ter outro bebê !!! Bjs

    ResponderExcluir
  13. Olá, Bruna!
    Para foi um alívio achar seu post.Acabo de sair da consulta médica e fiquei chateada em saber das complicações até chorei. Mas como já foi colocado para o nosso caso o ideal é uma gestação planejada e bem acompanhada.
    Parabéns,pelo Pedro que é lindo e que Deus os abençoe com muita saúde.
    Bjss

    ResponderExcluir
  14. olá bruna...meu nome é patricia,tenho 21 anos,sou casada a 1 ano,tenho muita vontade de ser mae mais pra frente,mais ao mesmo tempo tenho muito medo,pois tomo remedio controlado tambem,o meu é trilptal tomo 2 vezes ao dia um comprimido de 300 mg,o meu medico me disse que é uma dose bem pouca para uma pessoa da minha idade,mais com o decorrer dos anos talvez tenha que aumentar.mais tenho muito medo de engravidar sem ser planejado e acontecer algo com meu bebe,mais fiquei aliviada com sua historia e muito feliz.

    gostei muito viu!!!

    beijuss

    patricia

    ResponderExcluir
  15. Obrigada! Tenho Eplepsia desde os 12 anos e hoje, casada há 5 anos, pretendo engravidar. Eu e meu marido estamos com receio devido as possibilidades de mal-formações no bebê...mas estes depoimentos de todas vocês esta me ajudando muito. Hoje tomo 1.000mg de Depakote ER por dia...já falei com meu neuro e ele disse que em Agosto/2013 começarei a mudar a medicação para Fenobarbital que é menos agressivo para o feto. E neste mês iniciarei também com o Ácido Fólico para prevenção. Em Dezmbro/2013, tudo dando certo, poderei começar a tentar engravidar. Torçam por mim! E aceito dicas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Natália,
      Minha epilepsia se manifestou aos 15, tive o Pedro aos 29. Eu tb tomei depakene, acabei trocando por dois motivos: me fazia muito mal para o estomado e era o pior para engravidar.
      Siga sempre as orientações do seu neuro e GO, eles são quem te darão as melhores dicas. Mas estando tudo estabilizado é só alegria! Uma gestação normal e tranquila... sempre tomando ac fólico até o fim, não esquecendo de tomar os anticonvulsivantes....
      beijos e boa sorte, nos conte se engravidar! Estou tentando de novo então tb me deseje boa sorte rs

      Excluir
  16. Bruna, tudo bem? Eu e minha mulher estamos angustiados já tratando há algum tempo para podermos ter nosso bebe. Ela já vem tomando áxido fólico há mais de 4 meses, trocamos Valproato por outro anticonvulsivo de menor impacto na gestação, as crises foram de certa forma controladas, mas existem. Gostaria muito de saber se você ou alguma leitora deste espaço teve alguma crise tonico-clonica ou de ausencia que seja, durante a gravidez, pois não conseguimos zerar as crises de vez (estamos acompanhando com gineco e neuro), e se deu tudo certo mesmo assim. Antes, já agradeço pelo espaço encorajador e importante para nós que sofremos com este problema. Muito obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Bom, sobre mim eu consegui zerar as crises tônicas por 3 anos antes de engravidar, o que encorajou meu Gineco e meu neuro a permitirem a gestação. No entanto crises de ausencia eu as tinha frequentemente, ao menos 1 por semana.
      Mas para minha surpresa bastou que eu engravidasse que eu nunca mais tive crise de ausência, e após o inicio da gestação minha neurologista me disse que observavam que a gestação melhorava o quadro epilético da maioria das pacientes. Após o nascimento do meu filho eu já consegui reduzir o anticonvulsivante, coisa que nunca tinha conseguido fazer com sucesso por quase 20 anos.
      Mas eu, particularmente, e sem ser médica, apenas como uma amiga que compartilha das mesmas dores, dúvidas e alegrias que voces sugeriria aguardar a estabilização das crises tonicas da sua esposa. Como eu disse acima eu perdi um bebe há 3 meses, meus exames acabaram de ficar prontos e descobri que foi pela amamentação do meu primeiro filho e não pelos anticonvulsivantes, e assim eu acho melhor que vcs aguardem alguns meses a mais até a estabilização do que que corram qualquer risco de perder um filho, mas essa é minha opinião.
      Tenho certeza que tudo dará certo, hoje tenho muito menos medo e encorajo epileticas a engravidarem, desde que muito bem acompanhadas.
      E não deixem de tomar o ac. fólico, ele é meu melhor amigo, mesmo quando naõ estou tentando engravidar, por que vai que né rss...

      Me deixe sabendo sobre sua esposa!

      abraços e fiquem com Deus!

      Excluir
  17. Tenho gostado muito de ler os relatos de tantos casais ou mulheres epiléticas, claro que não por que desejo isso pra vocês, mas por que estou me sentindo em casa rsss...
    Estou deixando aqui meu face caso algum de vcs queiram me adicionar. Apenas me mande mensagem dizendo quem são para que eu saiba ok... será um prazer conhece-los melhor e vcs a mim!

    beijos
    Bru

    https://www.facebook.com/bruna.galves?ref=tn_tnmn

    ResponderExcluir
  18. Bruna voce tem dicas orientações.quanto a alimentaçao, aquilo que pode ser melhor para pessoas epileticas. Abraço sou Karina filha de uma epiletica estamos nos reorganizando com a minha mae de 68 anos que apesar desse problema, é uma pessoa ativa, gosta de trabalhar na igreja e tudo mais, nos e q ficamos meio inseguras de deixá-la sozinha. Aguardo resposta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karina,
      Desculpe mas sobre alimentação eu realmente não sei, nunca tive qualquer orientação nesse sentido dos meus neurologistas, apenas que não ingerisse bebidas alcoólicas, tomasse os remédios, dormisse bem, evitasse luzes piscantes essas coisas...
      A epilepsia se controlada realmente permite que a pessoa tenha uma vida praticamente normal, tb trabalho na igreja como sua mãe. Fico feliz em ve-la preocupada com ela, mas se a epilepsia dela estiver controlada não se sintam inseguras de deixa-la sozinha.

      beijos

      Excluir
    2. Esse blog tem me confortado muito, pois os depoimentos mostram a força de todas as famílias em conviver com essa situação. Desejo sucesso a todas vcs. Que Deus abençoe. Karina

      Excluir
  19. Oi Bruna, eu também tomo 3 comprimidos de tegretol e tomava gardenal, o médico disse que o ideal era a monoterapia(1 única medicação), e fomos diminuindo a dose de 5 em 5 mg até zerar, fazendo exames de dosagem de fenobarbital e carbamazepina no sangue todo mês. Quando tava próximo de zerar engravidei, mas não foi planejada. Descobri com 6 semanas, um pouco tarde p/o ácido fólico, mas foi a primeira coisa que fiz ao descobrir, corri para a farmácia e comprei. Marquei consulta com o neuro e ele disse que não poderia diminuir a dosagem, pois se trata de risco benefício (a convulsão é pior para o feto do que a medicação, mesmo em altas dosagens).E ele acrescentou que se tivesse alguma má formação era corrigido com cirurgia( uma fenda, por exemplo). Com 13 semanas e 2 dias fiz a ultra translucência nucal, graças a Deus deu tudo certo. Semana que vem, com 20 semanas,vou fazer a morfológica e o medo insiste em me perseguir, to contando os dias para saber se está tudo bem com meu bebe, se Deus quiser estará, e Ele quer. Em relação a epilepsia também não gosto de contar para ninguém. Parabéns pelo post e pela coragem.Bjos Graci

    ResponderExcluir
  20. Oi Bruna, eu também tomo 3 comprimidos de tegretol e tomava gardenal, o médico disse que o ideal era a monoterapia(1 única medicação), e fomos diminuindo a dose de 5 em 5 mg até zerar, fazendo exames de dosagem de fenobarbital e carbamazepina no sangue todo mês. Quando tava próximo de zerar engravidei, mas não foi planejada. Descobri com 6 semanas, um pouco tarde p/o ácido fólico, mas foi a primeira coisa que fiz ao descobrir, corri para a farmácia e comprei. Marquei consulta com o neuro e ele disse que não poderia diminuir a dosagem, pois se trata de risco benefício (a convulsão é pior para o feto do que a medicação, mesmo em altas dosagens).E ele acrescentou que se tivesse alguma má formação era corrigido com cirurgia( uma fenda, por exemplo). Com 13 semanas e 2 dias fiz a ultra translucência nucal, graças a Deus deu tudo certo. Semana que vem, com 20 semanas,vou fazer a morfológica e o medo insiste em me perseguir, to contando os dias para saber se está tudo bem com meu bebe, se Deus quiser estará, e Ele quer. Em relação a epilepsia também não gosto de contar para ninguém. Parabéns pelo post e pela coragem.Bjos Graci

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certamente vai dar tudo certo, no exame de tn do meu Pedro tinha dado chance de má formação e mesmo assim ele é lindo e perfeito... o seu então que já deu tudo certo na tn vai estar lindo e serelepe agora no morfologico! Me conte como foi!
      beijos

      Excluir
  21. Ei Bruna!

    Tenho o mesmo problema que você, e estou muito feliz pela sua grande conquista. Seu blog me motivou muito e a muitas pessoas também. Teria como você me passar um e-mail de contato, para conversarmos melhor? Pretendo engravidar esse ano, mas ainda fica esse medo, devido ao problema.
    Um grande abraço a você e sua família linda! Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Natália
      meu e-mail pessoal é brugalves@yahoo.com.br
      beijos

      Excluir
  22. ola bruna a quanto tempo você tomas es dois remedios eu tomo depakene 300 ja acho chato as reação são muito ruim e as pessoa juga a gente como doido o meu parece que tampa o raciocínio meu estranho eu sempre quando saio com alguem fico com medo de dar algo mas faz 10 anos que não da Graça a Deus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Tegretol tomo a 17 anos.... mas em associação com o Gadernal há uns 7 anos.... depois que fiz a associação melhorou MUITO, não tive mais crise de ausencia... Já tomei depakene, mas detestava, especialmente pelos efeitos colaterais, tinha muita dor de estomago...
      bejos

      Excluir
  23. vamos consegui vencer essa doença

    ResponderExcluir
  24. vamos vencer essa doença

    ResponderExcluir
  25. Gostaria de saber se notaram diminuição do leite materno em relação as outras mães que não tomam anticonvulsivos???. Minha irmã toma carbamazepina e está com um bebê de 15 dias mas quase não tem leite e não queremos dar leites ainda...como a consulta dos 2 está marcada para daqui uns 10 dias queríamos saber se é normal ter pouco leite pois já tentamos de tudo, alimentação adequada, muito liquido e nada...
    Desde já agradeço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola paula a sua irma toma carbamazepina e foi td bem na gravidez dela eu kero engravidar mais to cm medo tbm tomo carbamazepina de 200 mg

      Excluir
    2. Ola paula a sua irma toma carbamazepina e foi td bem na gravidez dela eu kero engravidar mais to cm medo tbm tomo carbamazepina de 200 mg

      Excluir
  26. Olá Bruna, em primeiro lugar gostaria de parabenizar pela sua atitude corajosa. Vou deixar aqui meu relato e espero que ajude de alguma forma. Sou epilética desde os 11 anos hoje tenho 41, sou viuva e tenho 3 lindos filhos normais e saudaveis! Três cirurgias cesarias porque a minha ginecologista tinha receio de uma crise durante as dores do parto apesar de que o segundo quase nasceu normal rsrs (apressadinho)kkkk A mais velha tem 19 anos ta na faculdade de nutrição, o do meio tem 15 anos, e o mais irá fazer 9 anos próximo dia 28! Tomo gardenal combinado com hidantal e minhas doses são forte 200mg de Gardenal e 200mg de hidantal diarias, ou seja 400mg de remedios fortes por dia... mas enfim crises controladas rs ah e essas dosagens não foram reduzidas durante a gravidez para que eu não tivesse crises. Todos os meus filhos mamaram por quase 3 anos. Espero ter ajudado. Um abraço a todas, fiquem com Deus.

    ResponderExcluir
  27. Estou lendo todos esses depoimentos chorando, pois lendo, percebi quantas pessoas passam pelos mesmos medos que eu e Vencem!! Torço por cada mãe que tem epilepsia, e não devemos nos considerar inválidas, temos um problema de saúde com qualquer outra pessoa. Deus abençoe e tenha misericórdia de cada criança que é concebida com esse tipo de medicação...Beijos

    ResponderExcluir
  28. Oi Bruna, este seu post me encorajou a não desistir. Tenho 34 anos, minha 1ª crise foi com 1 ano de idade, porem deste os 18 não tomava nada. Ano passado engravidei e descobri em uma crise, após anos sem tê-las, no entanto perdi meu bebê. Quero muito tentar novamente, porem tive que recomeçar o tratamento e já chorei muito por conta do medo de acabar prejudicando meu filho. Sei que preciso de calma e de orientação medica adequada. Obrigada por me fazer acreditar que ainda posso... :)

    ResponderExcluir
  29. esou tomano cabarmazepina e estou gravida de duas semanas e estou com medo de mal formaçao no meu bb...

    ResponderExcluir
  30. 03.07.2013 ... bom dia meu nome ė sheila tive uma cirurgia,na cabeça hoje tenho convunçáo,tomo remédio amato,neural e hidantal,tomom 3vezes aos dia...descobri que tenho a tiroide e fiz a cirurgia tbem e agora tom calcio de 500 e de 600 e mais um remedio,eu tenho minha filha de 7 anos e eu e nosso sonho ter mais um filho,mas tenho por eu tomar tantos remedios e minhas convunçoes sera que pode ter problema obrigada

    ResponderExcluir
  31. Olá Bruna,
    Gostaria de parabenizá-la pela sua iniciativa. Acho que você, melhor do que ninguém, tem percebido o quanto tem feito a diferença na vida de mulheres como nós...Quando li seu depoimento inicial me vi claramente nele. É muito reconfortante ver que não estamos sozinhas com nossos medos e angustias. Tenho epilepsia (há 19 anos) e para mim não é muito fácil falar sobre isso. Tentei evitar o assunto por muitos anos...Mas a gravidez me fez encarar o problema de frente, pois percebi que fui abençoada em ter a medicação para controlar um probleminha de percurso. Tinha muito medo de engravidar... há três anos eu e meu esposo, com muita fé em Deus decidimos engravidar. Usava o depakote e mudei para a carbamazepina (devido aos efeitos), no entanto tive alergia. Mudei para o tegretol e depois de 7 anos sem crise, tive uma na noite que descobri que estava grávida...e uma segunda crise na semana seguinte. Tive que voltar para o ac. valpróico, com muita dor e medo... Felizmente tudo se normalizou na gravidez e hoje minha Letícia tem 2 anos e 10 meses e é o presente mais precioso e saudável de nossas vidas. Estou criando coragem para engravidar novamente e como você, creio que se for para dar certo, Deus não dá presente pela metade. Ele é pleno quando respeitamos Seu tempo e vontade.

    beijos meus e de Letícia
    e obrigada pelas palavras de conforto.

    ResponderExcluir
  32. Parabéns Bruna,pela coragem e pelo seu post da pra ver que quem tem epilepsia,pode levar uma vida normal,eu tenho epilepsia estou grávida e estava um pouco receosa sobre isso.Vc não tem idéia de como esse seu post me ajudou,pois estava muito preocupada.bjus pra vc.

    ResponderExcluir
  33. nossa que bacana achar esse post vc não sabe como me ajudou! Deus te abençoe a vc e seu bebe lindo e saudável...mto fofo ele!

    ResponderExcluir
  34. Gostei muito de sua história, eu já tenho um filho de 4 anos e a mais ou menos 3 anos e meio, começei a ter ataques epiléticos, fiz todos os exames e nada foi constatado.Nesse mesmo tempo começei com problemas de ansiedade generalizada, sou muito nervosa, tenho crises de pânico e fobia social tudo isso começou ao mesmo tempo com os ataques, diz meu neuro e meu psiquiatra que todos esses meus problemas e principalmente os ataques é emocional e infelizmente é verdade pois quando passo por emoções é que acontece a crise. Como já disse tenho um filho mas queria ter mais um e tenho muito medo que nasça com problemas pela quantidade de remédios que tomo. E pilula não adianta tomar pois não tem efeito então morro de medo de engravidar. Se tiver alguém que possa me ajudar? Desde já agradeço..Elis

    ResponderExcluir
  35. faço uso de depakene 500 e tenho muito medo pq os medicos assustam muito !estou com a gestação 30 semanas e muito apavorada ate agora !!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  36. oi bruna!!!tenho 20 anos e gostei muito do seu post adorei....também tenho crises de convulsão, tomo 4 comprimidos de oxcarbazepina de 300mg minha crises começarão em 2009,foi um trastorno em minha vida.fui pega de surpresa...agora descobri que estou gravida,tenho muito medo que meu filho tenha má formação,já estou tomando ac.fólico..estou com dois meses que tomo ac.fólico. e com tres meses de gravida.tudo o que mais quero que meu bb venha com muita saude... bjsss fique com deus...

    ResponderExcluir
  37. Que bom ler isso tudo! Não sou epilética, porém tive um tumor cerebral há 3 anos e passei a tomar anticonvulsivos. Já tomei hidantal, trileptal, mas hoje tomo Lamotrigina, carbamazepina e frisium. Após a cirurgia fiquei hemiplágica (lado direito paralisado), pois meu tumor estava localizado na região motora. Após a cirurgia passei 1 ano convulsionanndo. Tinha crises quase que diárias. Teve um dia que tive 15! Num só dia! Fiquei hospitalizada várias vezes tentando ajustar a medicação. Até que um belo dia o Frisium entrou na lista das medicações para me salvar. Desde então não convulsionei mais. O frisium é faixa preta. Tomo 6 comprimidos de 200mg de carbamazepina, 4 de lamotrigina 100mg e 1 de frisium. Faço muuuuita fisioterapia para me recuperar ( já caminho de muleta e órtese). Casei há 1 ano e estou louca para ter um filho. Estamos agora começando a tentar baixar as doses (tentar primeiro reduzir lamotrigina). Meu sonho é ter parto normal e amamentar. Não sei se será possível, mas eu já conversei com meu neuro e minha ginecologista, estamos programando para daqui a 3 anos tentar.
    Quem quiser espiar meu blog (que está totalmente desatualizado agora, mas tem minha história lá :). Adorei seu blog Bruna!!

    ResponderExcluir
  38. Olá! Tenho 31 anos e comecei a ter convulsões desde os 18 anos! Em janeiro eu engravidei e em fevereiro eu tive uma convulsão, e em tive que voltar a passar com o neurologista e fazer uso do fenobarbital! No dia 12 de junho comecei sentir fortes dores e sangramento fui ao hospital e o medico fez o toque e falou que meu útero havia aberto um pouco e pediu um ultrassom ele me mandou pra casa e a noite o sangramento aumentou e retornei ao hospital e minha filha nasceu na madrugada do dia 13 e morreu logo em seguida! Eu acredito que minha princesa se foi por causa dessa porcaria desse remédio! A neurologista que me acompanha diz que não foi o remédio que ocasionou na morte dela mas ela também nunca vai se culpar! Apenas o médico que acompanhava meu pré natal foi solicito comigo depois da perda. Sofro pois não fizeram nada pra tentar manter minha filha viva! Não quero mais fazer uso desse remédio e tenho medo de sofrer um novo aborto ao engravidar novamente!

    ResponderExcluir
  39. oi bruna passo pela mesma situação tomo carbamazepina ja faz 1 ano eu precisava conversar com uma pessoa como vc quero engravidar mas me preocupo tenho um filho de 3 anos quando engravidei dele não tomava nenhum remedio por favor me da uma dica para não ter esse medo e poder engravidar novamente porque desejo ter mais filhos

    ResponderExcluir
  40. tomo carbamazepina e quero engravidar mas tenho medo bruna quero uma dica sua

    ResponderExcluir
  41. Olá Bruna , senti um grande alívio ao ler o que vc postou , estou passando por essa situação , ainda não estou gestante, mas estava com muitos medos , achei apoio nas suas palavras obrigada.

    ResponderExcluir
  42. Olá, sou epilética, descobri aos 17 anos, hoje tenho 32 anos, tive 03 (três) filhos Gabriel de 11 anos, Tiago 10 anos e Sarah 4 anos. E descobri que estou grávida de 4 semanas, o que mais me preocupa é se o medicamento que tomo o TRILEPTAL 300mg, pode prejudicar o bb, pois minha neuro disse para eu continuar tomando, eu tomo 01 comprimido de 12/12 hs, quando engravidei anteriormente mudava para o GADERNAL 100mg e agora estou tomando o TRILEPTAL.
    Gostaria de saber se vc conhece ou tem alguém aqui que tomou o TRILEPTAL durante a gravidez e como foi esse período?
    Grata, Samara
    meu e-mail: samarasoares01@gmail.com

    ResponderExcluir
  43. Adorei os post me ajudou muito

    ResponderExcluir
  44. Tenho convulsao desde os 7 anos e ja tomei varias combinaçoes: tegretol+gardenal, e pouco antes de engravidar clonazepam+oxcarbazepina..hj tenho 29 anos, são muitos anos de remedios no organismo, mas se parar, tenho crise!
    Aos 20 anos uma gineco me diagnosticou ovario policistico e me desenganou totalmente de uma gravidez, pois alem do meu problema ainda ovario defeituoso..MAs já tinha tido 1 aborto natural ate aí...em 2012 engravidei e foi gravidez anembrionada(SEM EMBRIAO PRESENTE), tive q fazr curetagem e meu sonho de mae foi raspado junto..mas a minha medica atual disse q poderia tentar sem restriçao, contando q cuidasse, tomando ac.folico antes e acompanhado bem de perto! foi o q fiz e apesar d tds meus medos, fui para grupo de risco, a go tirou clonazepam e hj to com 8 meses, meu barrigao enorme e so esperando meu pequeno milagre Emanuel chegar...
    E confortante ver essas historias lindas de maes q sempre vencem, nao importa quanto passem, no final sempre da certo, e se ainda nao deu, nao xegou o final. Deus nao nos abandona nunca!! So nos prepara p as bençaos futuras...Qntas vezes chorei sozinha c/ medo de meu filho não formar direitim por causa dos remedios ou msmo d eu nao conseguir segura-lo ate o final ou nao conseuir amamentar...sao tantas incertezas e inseguranças. mas digo: so com FÉ EM DEUS E POSSIVEL!!! e lutando, correndo atrs de medicos e exames a gente consegue!!
    Denise

    ResponderExcluir
  45. oi sou livia tenho 20 anos e engravidei , descobri a uma semana e estou assustada ,lendo agora os depoimentos estou mais calma porem estou com um fantasma , tomo depakene desdos meus 13 anos e ja tomei outros remedios desdos 6 anos de idade tenho ( crise de ausência ) venho tomando acido folico a uns 3 meses .. ja perdi um bebe em 2012 por conta desse remedio e eu nao sabia que estava gravida so vim saber porque senti dores horriveis e quando fui ver ja estava com 2 meses e alguns dias ... gostaria de saber se o fato de estar tomando o acido folico a algum tempo facilita agora a minha gestação inesperada obrigada .

    ResponderExcluir
  46. Olá Bruna, meu nome eh Vanusa, tenho 22 anos e sou epiletica desde os 11, tomo depakene(250mg) e fenitoina(200mg).
    Estou gravida de aproximadamente 1 mês, estou com um pouco de medo pois não foi planejada, mais tenho muita fé qe meu filho vai nascer saudável como qualquer outra criança.
    Obrigada e parabéns pelo seu post.. Bjs!

    ResponderExcluir
  47. Oi amo td q leio por uma cirurgia na cabeça começei a ter convunçoes,mas agora estou gravida,tirei um remé dio e estou com o gardenal,mas no primeiro mes tive 1 com convunção,agora estou com medo,enfim será que vou ter problemas........mas tenho fé em Deus td vai dar.certo,obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ,
      Não tenho dado conta de responder pelo blog, se importaria de entrar nesse grupo do facebook? é sobre gravidez e epilepsia, poderei te ajudar melhor por lá.
      Até breve.

      Beijos
      Bru
      https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

      Excluir
  48. Olá Bruna, em primeiro lugar gostaria de te parabenlizar pelo seu post.
    Meu nome eh Vanusa, tenho 22 anos e tb sou epiletica, tomo depakene(250mg) e fenitoina(200mg) por dia, em março de 2013 tive um aborto, estava com 3 meses de gestação, na época tomava uma dose um pouco mais alta do mesmo remédio, porem os médicos não me deram o laudo e não sei qual exatamente a causa do aborto, pq tb tava tomando um remédio para infecção de urina qe o medico me receitou qe era muito forte. e o meu médico me disse qe não poderia ter tomado esse remédio..
    Bom, agora ha 2 semanas descobri qe estou gravida, estou de 4 semanas e começei a tomar o ac. Fólico ha 2 dias, depois qe li este post. Vo começar o pré natal agora no dia 28, espero qe meu bebe venha com saúde e qe corra tudo bem igual ao bebe de todas vcs.. Agora eh torcer e ter muita fé para qe de tudo certo... Um beijo..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ,
      Não tenho dado conta de responder pelo blog, se importaria de entrar nesse grupo do facebook? é sobre gravidez e epilepsia, poderei te ajudar melhor por lá.
      Até breve.

      Beijos
      Bru
      https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

      Excluir
  49. Tenho 27 anos, sou casada há 8 anos e desde 7 anos fui diagnosticada com epilepsia, já tomei depakem, mas não me fez bem e ai fui trocando de medicação aos 21 descobri que estava gravida e todas essas duvidas permearam meus pensamentos, então o neurologista mudou a medicação que na época eu tomava edanol e rivotril, então troquei para carbamazepina 200 mg fiz acompanhamento com o neuro e a ginecologista e tomei acido fólico desde o inico até o fim da gravidez, então tive milha filha que hj tem 7 anos é super saudável e inteligente!!! e há seis meses descobri q vou ser mamãe pela segunda vez de outra menina, hj estou quase no 7 meses de gravidez continuo tomando carbamazepina 200 mg só q a quantidade diminuiu só um a noite na outra gravidez toma três por dia, devido a ausência de crises e tomo acido fólico, hj estou mais segura e confiante sem tantos medos qto na primeira gestação e se Deus quiser vou ter outra filha linda e saudável!!!! boa sorte a todas e é possível sim gestar filhos saudáveis sendo epiletica!!!! grande beijo a todas!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ,
      Não tenho dado conta de responder pelo blog, se importaria de entrar nesse grupo do facebook? é sobre gravidez e epilepsia, poderei te ajudar melhor por lá.
      Até breve.

      Beijos
      Bru
      https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

      Excluir
  50. Oi. Bruna eamei le tudo isso eu tomou depakene dois de500 por dia pasei um ano de 2013 sem tomar mais nao consegui engravidar agora em janeiro 2014 tiver uma crise e comecei toma tudov de novo ja estou casanda a 7 anos e tomou deste dos 10 ja tenho 29 meu marido ja esta quase se separando pois nao agunenta mais espera beijos me ajunda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ,
      Não tenho dado conta de responder pelo blog, se importaria de entrar nesse grupo do facebook? é sobre gravidez e epilepsia, poderei te ajudar melhor por lá.
      Até breve.

      Beijos
      Bru
      https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

      Excluir
  51. ola bruna eu tb tenho eplepesia e fiquei gravida do meu primeiro filho tinha 18 anos tive uma gravidez com mts complicações mts mesmo tive varias crizes durante a gravidez e no parto ainda pior tanto q os médicos me disseram q se não parasse as crizes eu eo meu filho morria nos mas graças a deus consegui ter e nasceu mt rouxo mas eu desmaiei logo depois os médicos disseram me logo q não podia ter mais mehum acontece q pos o primeiro aparelho no braço e correu tudo bem esse acabou o prazo meti o segundo e já estava acabar mesmo agora e descobri q estava partido e que estava gravida de 8 semanas acontece q o medico disseme que era mt ariscado levar esta gravidez pra frente porq tenho tinho ataques frecuentemente e já ta com mts complicações quarta f já vou fazer o aborto mas corro mts riscos . mas tb ter um filho com problemas tb não porq eu não tenho condições pra isso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ,
      Não tenho dado conta de responder pelo blog, se importaria de entrar nesse grupo do facebook? é sobre gravidez e epilepsia, poderei te ajudar melhor por lá.
      Até breve.

      Beijos
      Bru
      https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

      Excluir
  52. Oi Bruna : meu nome e Ney casado com bella. Gostaria de te parabenizar pelo seu post e deixar aqui algo para as pessoas que procuram saber mais sobre EPLEPCIA ficamos grávidos sem programação ai começa todos os medos que assombram a gravides tivemos o acompanhamento De um neuro e um genicologosta hj estamos de 27 semanas tínhamos tanto medo enbora nossos médicos nos disseram que estava tudo bem ! Fizemos o exame morfológico. Foi maravilhoso pois podemos ver que nosso bebê estava em perfeito estado de formação e Dd saúde graças a deus Minha mulher toma carmazepina e ac folico para vc meus amigos que deseja ter uma família siga emfrente não deixe seus medos ser maior que seus sonhos acredite em DEUS. E procure um acompanhamento médico adequado. E aguarde 9 meses e tenha o milagre da vida e a felicidade bem a sua frente !! Bruna obrigado por. Toda suas dicas e esperiencia foi de muita ajuda para nos ..

    ResponderExcluir
  53. Oi Bruna : meu nome e Ney casado com bella. Gostaria de te parabenizar pelo seu post e deixar aqui algo para as pessoas que procuram saber mais sobre EPLEPCIA ficamos grávidos sem programação ai começa todos os medos que assombram a gravides tivemos o acompanhamento De um neuro e um genicologosta hj estamos de 27 semanas tínhamos tanto medo enbora nossos médicos nos disseram que estava tudo bem ! Fizemos o exame morfológico. Foi maravilhoso pois podemos ver que nosso bebê estava em perfeito estado de formação e Dd saúde graças a deus Minha mulher toma carmazepina e ac folico para vc meus amigos que deseja ter uma família siga emfrente não deixe seus medos ser maior que seus sonhos acredite em DEUS. E procure um acompanhamento médico adequado. E aguarde 9 meses e tenha o milagre da vida e a felicidade bem a sua frente !! Bruna obrigado por. Toda suas dicas e esperiencia foi de muita ajuda para nos ..

    ResponderExcluir
  54. Oi Bruna : meu nome e Ney casado com bella. Gostaria de te parabenizar pelo seu post e deixar aqui algo para as pessoas que procuram saber mais sobre EPLEPCIA ficamos grávidos sem programação ai começa todos os medos que assombram a gravides tivemos o acompanhamento De um neuro e um genicologosta hj estamos de 27 semanas tínhamos tanto medo enbora nossos médicos nos disseram que estava tudo bem ! Fizemos o exame morfológico. Foi maravilhoso pois podemos ver que nosso bebê estava em perfeito estado de formação e Dd saúde graças a deus Minha mulher toma carmazepina e ac folico para vc meus amigos que deseja ter uma família siga emfrente não deixe seus medos ser maior que seus sonhos acredite em DEUS. E procure um acompanhamento médico adequado. E aguarde 9 meses e tenha o milagre da vida e a felicidade bem a sua frente !! Bruna obrigado por. Toda suas dicas e esperiencia foi de muita ajuda para nos ..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Ney

      Não tenho dado conta de responder pelo blog, se importaria de entrar nesse grupo do facebook? é sobre gravidez e epilepsia, poderei te ajudar melhor por lá.
      Convide sua esposa também

      Até breve.


      Bru
      https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

      Excluir
  55. Oi Bruna, sofro de epilepsia a uns 17 anos, tomo 600mg de carbamazepina por dia, descobri que estava gravida de 2 meses, já estou fazendo acompanhamentos, mas como não foi plenejada estou morrendo de medo, desesperada com medo que alguma coisa de errado. Por mais que tenha fé e confie em Deus nao consigo me acalmar, quero muito que meu filho (a) seja saudavel. Seu relado e das demais maes com mesmo problema que o meu tem me ajudado bastante. Deus abençoe a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ,
      Não tenho dado conta de responder pelo blog, se importaria de entrar nesse grupo do facebook? é sobre gravidez e epilepsia, poderei te ajudar melhor por lá.
      Até breve.

      Beijos
      Bru
      https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

      Excluir
  56. Olá Bruna ...me chamo Jane,dia 16 d fevereiro desse ano descobri q tava gravida,e pelas minhas contas já deveria está d 2 meses,pois minha menstruação sempre atrazava,isso era um dia d domingo,e na segunda msm fui marcar médico,mais como aqui o atendimento pelo SUS é bem precário pois tô morando em uma pequena cidade na Bahia...só consegui marcar p dia 27 meu pré natal. Mais p minha tristeza um dia antes d ir ao medico comecei a sentir uma leve dor tipo colica,mais como é normal não me preocupei tanto ,mais pela manhã bem cedo comecei a sangrar muito. Fui ao hospital e tomei soro,mais ainda estava sangrando,tive q ir a cidade vizinha fazer uma transvaginal e já deu aborto. Nossa passei 4 meses p conseguir engravidar e qdo consegui não durou muito minha alegria.
    Tomo depakene 300mg a muitos anos,tomava 2 comprimidos por dia,mais já tem uns 3 meses q só tomo um,e aos poucos pretendo mudar d remédio p ver se diminui mais os riscos d uma mal formação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jane ,
      Não tenho dado conta de responder pelo blog, se importaria de entrar nesse grupo do facebook? é sobre gravidez e epilepsia, poderei te ajudar melhor por lá.
      Até breve.

      Beijos
      Bru
      https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

      Excluir
  57. Tomo Tegretol 200 desde os 11 anos hoje tenho 35 minha primeira gravidez foi com 23 anos tive uma crise forte após o parto e depois não tive mais, engravidei novamente em 2011 e foi tudo normal como a primeira sempre tomando ac.folico, e tegretol 2 vezes , e continua tudo normal só que comecei a ter tipo uns choques fortes e irei começar a tomar Depakene 250, bom durante a gravidez foi tudo lindo, amamentação mais q perfeita , meus filhos são perfeitos Graças a Deus. Bjs

    ResponderExcluir
  58. Muito legal ver esses comentários estou planejando uma gravidez para 2015, e confesso que fiquei bem tensa com tudo que li, faço uso de lamotrigina de 200mg por dia, e espero que tudo de certo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ,
      Não tenho dado conta de responder pelo blog, se importaria de entrar nesse grupo do facebook? é sobre gravidez e epilepsia, poderei te ajudar melhor por lá.
      Até breve.

      Beijos
      Bru
      https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

      Excluir
  59. eu perdi gêmeos por causa do meu remedio para controlar minha Epilepsia e assim eu fiquei chatiada meu nome é Dânnyla.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ,
      Não tenho dado conta de responder pelo blog, se importaria de entrar nesse grupo do facebook? é sobre gravidez e epilepsia, poderei te ajudar melhor por lá.
      Até breve.

      Beijos
      Bru
      https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

      Excluir
  60. Oi Bruna, adorei o seu blog. Como me fez bem saber q não sou sozinha c meus medos. Estou mto insegura e sus coragem me deu mta força. Tomo o Hidantal (fenitoina) há quase 10 anos e agora estou tendo uns sintomas q o medico disse ser do uso cronico da medicacao. Aí vou ter q trocar pelo Depakote. Fiquei mto triste e c medo de fazer essa troca, pq tenho segurança no Hidantal... Li a bula do Depakote e vi q ele não é só p Epilepsia e tem mtos efeitos colaterais.. Entrei numa fase de mto desespero... Vc conhece alguem q tome Depakote? Ja precisou trocar de medicação? Por favor, me ajude a passar por esse momento. Tenho 32 anos. Me chamo Joana. Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Joana ,
      Não tenho dado conta de responder pelo blog, se importaria de entrar nesse grupo do facebook? é sobre gravidez e epilepsia, poderei te ajudar melhor por lá.
      Até breve.

      Beijos
      Bru
      https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

      Excluir
  61. Gostei muito obrigad

    ResponderExcluir
  62. Oi bruna, tambem sou epilética, a minha primeira convulçao foi em 2012 aconteceu de repente,num dia chuvos sentir meu corpo tremer achei normal que era por causa do frio,dps. dps começei a me treme todos os dias do nada tive 2 desmaios no banheiro sempre acordava sem entender oque aconteceu ainda ñ sabia q tinha convulsão ,fiz um eletrencefalograma e descubri q tenho convuçao q ainda pode ser tratada desde já,começei a tomar gardenal so q ainda sim tinha crises,dps fui ao neorologista
    e recomendo o tegretol2 por dia, descubri q estava gravida logo consultei o medico sobre o acontecimento ele mudou a minha mediçao pra uma mais forte depakote 5000 mg devido a troca de remedio acabei tendo uma convuçao com 4 meses,e graças a deus ñ tenho mais, mais tudo q mais quero e q a minha filha venha
    com saùde, paràbens bruna pelo post e pela coragem......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ,
      Não tenho dado conta de responder pelo blog, se importaria de entrar nesse grupo do facebook? é sobre gravidez e epilepsia, poderei te ajudar melhor por lá.
      Até breve.

      Beijos
      Bru
      https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

      Excluir
  63. Oiê Bruna eu tenho convulsão e tomo remedio tegretol de 200g , acho que estou gravida , e tenho medo do meu BB nascer como ma formação , sera que eu corro esse risco ??? estou com muito mas muito medo mesmo :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Debora
      ,
      Não tenho dado conta de responder pelo blog, se importaria de entrar nesse grupo do facebook? é sobre gravidez e epilepsia, poderei te ajudar melhor por lá.
      Até breve.

      Beijos
      Bru
      https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

      Excluir
  64. Ola Bruna! Bom ler isso e saber que tantas tem as mesmas dúvidas!!! Gostaria de saber a quanto tempo tu estavas sem crises quando engravidou e que idade tinhas! Obrigada...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tatiana,
      Não tenho dado conta de responder pelo blog, se importaria de entrar nesse grupo do facebook? é sobre gravidez e epilepsia, poderei te ajudar melhor por lá.
      Até breve.

      Beijos
      Bru
      https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

      Excluir
  65. Eu comecei a ter crise tem uns cinco anos, desde que comecei a ter crise eu tomo o fenobarbital que é conhecido como gadernal, já tem quase um ano que não tenho crise, mais tem mais de um ano que não anticoncepcional pq eu quero ter outro filho, já tenho um de 12 anos, mas tenho medo por tomar esse remédio e prejudicar meu bebe. Fora ainda que não consigo engravidar, queria saber de vcs se demora assim mesmo a engravidar pois eu já tenho 33 anos, e toda vez que minha menstruarão vem eu fico triste. Aguardo noticia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ,
      Não tenho dado conta de responder pelo blog, se importaria de entrar nesse grupo do facebook? é sobre gravidez e epilepsia, poderei te ajudar melhor por lá.
      Até breve.

      Beijos
      Bru
      https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

      Excluir
  66. Incrível Bruna a sua história!!!
    tive crise convulsiva aos 15, hj tenho 21 e vô ser mamãe tava um pouco assustada com q as pessoas falavam, e o seu blog me veio como uma luz... Parabéns!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ,
      Não tenho dado conta de responder pelo blog, se importaria de entrar nesse grupo do facebook? é sobre gravidez e epilepsia, poderei te ajudar melhor por lá.
      Até breve.

      Beijos
      Bru
      https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

      Excluir
  67. oi Bruno obrigada por vc ter essa coragem e da um pouco pra gente vc conseguii e com fé em Deus conseguimos tbm.estou passando per esse momento que vc passou e superou, quero ser mamae e estava com muito medo mas agora estou bem ams tranquila.. muito obrigada com FE em DEUS tudo vai da certo..bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ,
      Não tenho dado conta de responder pelo blog, se importaria de entrar nesse grupo do facebook? é sobre gravidez e epilepsia, poderei te ajudar melhor por lá.
      Até breve.

      Beijos
      Bru
      https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

      Excluir
  68. Oi querida! Esse post foi feito pra mim!! Rsrs
    Queria falar contigo, parou de postar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Priscila,
      Não tenho dado conta de responder pelo blog, se importaria de entrar nesse grupo do facebook? é sobre gravidez e epilepsia, poderei te ajudar melhor por lá.
      Até breve.

      Beijos
      Bru
      https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

      Excluir
  69. raquelalexandra_nokinhas@hotmail.com contacte eu gostava saber sua opinião minga namorada e epileptica e estamos s pensar em tef um filho mas temos medo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Armando,
      Não tenho dado conta de responder pelo blog, se importaria de entrar nesse grupo do facebook? é sobre gravidez e epilepsia, poderei te ajudar melhor por lá.
      Até breve.

      Bru
      https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

      Excluir
  70. Olá Bruna! Perfeito seu post.
    Hoje estou com 33 anos (Karine) e tive um M.A.V. aos 21 anos a qual já operei mas continuo com crises de convulsão. A 2 anos estou em luta diária com Neurologista e Ginecologista para poder engravidar, pois tomo Tripeptal ( 900 mg) + Frissiun (10 mg) = por orientação e informações do médico, a medicação Frissiun é muito agressiva ao útero. Optei por retirá-la e somente estou tomando HOJE Trileptal (1.200 mg), ainda continuo tendo crises (em média de 2 em 2 meses). MENINAS, quem de vocês ainda tem crises convulsivas e qual a média que ocorre ? Agradeço a todas que puderem contribuir com este post, pois estou ficando neurótica já... Super Beiju e boa Sorte a Todas! Whats 54 9968 8087

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Karine,

      Não tenho dado conta de responder pelo blog, se importaria de entrar nesse grupo do facebook? é sobre gravidez e epilepsia, poderei te ajudar melhor por lá.
      Até breve.

      Beijos
      Bru
      https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

      Excluir
  71. Bruna, meu nome é Thaisi, descobri a epilepsia eu tinha 17/18 anos. Hoje estou com 32 anos. Demorou muito para controlar, tinha crises a casa 2 meses, a cada quatro meses, tratei com homeopatia e fiquei 1 ano sem nada, ou melhor, sem os desmaios, só tinha ausência.... Até que voltou tudo novamente e resolvi procurar outro profissional.

    ResponderExcluir
  72. Fui em uma médica chamada Dra. Kette D.R. Valente, testamos medicamentos, fiz vários EEG, dosagens

    ResponderExcluir
  73. Até que os desmaios pararam mas as ausências não... Aí ela falou de um remédio importado(ethossuximida) tirou com a mão. Porém ontem15/11/2014(ia fazer 4 anos sem nada!), tive uma crise , desmaiei, vomitei etc... E além de ficar mega triste, eu estava programando agora de engravidar... Terei que esperar 3 anos para isso??? Bj Bruna e parabéns pelo blog!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Thaisi,
      Não tenho dado conta de responder pelo blog, se importaria de entrar nesse grupo do facebook? é sobre gravidez e epilepsia, poderei te ajudar melhor por lá.
      Até breve.

      Beijos
      Bru
      https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

      Excluir
  74. Eu tive crise convulsiva apos o meu segundo parto,agora eu tenho medo de engravidar,estou amamentando,e nap estou tomando anticoncepcional,quando tenho relação, eu tomo a pirula do dia seguinte, segundo o medico, se eu engravidar corro o risco de morrer eu e o bebe, pois tive convulsao pre-eclapse no meu segundo parto,estou tomando hidantal ja tem quase 1 ano!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ,
      Não tenho dado conta de responder pelo blog, se importaria de entrar nesse grupo do facebook? é sobre gravidez e epilepsia, poderei te ajudar melhor por lá.
      Até breve.

      Beijos
      Bru
      https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

      Excluir
  75. Oi Bruna, meu nome e Dayanne tenho 24 quase 25 anos e estou num dilema terrível, tenho epilepsia desde criança e somente a 4 meses ela está controlada, como tinha crises a noite, o neurologista fez a combinação de oxcarbazepina (oleptal) 300 mg de manhã e a noite 600mg + frisium ( tacha preta) que pela primeira vez controlou as crises. Eu e meu esposo que já está com 30 anos, tinhamos planos de ter filhos em 2015 quando faremos 6 anos de casados, sofro pressão de todos os lados sei que e inconscientemente, mas isso me afeta bastante pois tenho muita vontade de ser mãe e ao mesmo tempo muito medo por conta da medicação, minha cunhada já tem uma filha de 4 anos e fica falando a todo momento que terá outro, e isso me afeta. Vou ao ginecologista dia 18 para explicar minha situação e falar que quero tomar ácido fólico e vitamina K, para ver se tomo coragem para engravidar. Muito obrigada pelo seu testemunho de desejo tudo de bom e nunca devemos nos esquecer que Deus está no comando, embora às vezes nos bata um desespero. Bjim e me responda se puder estou precisando de um certo amparo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá dyanne,
      Não tenho dado conta de responder pelo blog, se importaria de entrar nesse grupo do facebook? é sobre gravidez e epilepsia, poderei te ajudar melhor por lá.
      Até breve.

      Beijos
      Bru
      https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

      Excluir
  76. Boa tarde Bruna
    Sofri com crise convulsivas por muito tempo, agora tem dois anos que não tenho mais nada, mas minha neurologista falou para continuar tomando 1 comprimido do fenobarbital de 100....E agora descobri que estou grávida de 5 semanas a neuro fala para eu continuar tomando a medicação, e a ginecologista quer tira,, não sei o que faço desejo muito esse filho e só quero o bem dele... Me orienta por favor. Bjsss Diana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá diana,
      Não tenho dado conta de responder pelo blog, se importaria de entrar nesse grupo do facebook? é sobre gravidez e epilepsia, poderei te ajudar melhor por lá.
      Até breve.

      Beijos
      Bru
      https://www.facebook.com/groups/356493201224178/

      Excluir