domingo, 14 de agosto de 2011

5

Semanas dos Pais - Avô de primeira viagem

Olá pessoal,
O convidado de hoje será um paizão 2 vezes, vovô da Clarice e papai da Carol Liôa do blog Mother Headbanger, seu nome Edson Schmidt.
LinkObrigada Vovô Schmidt, por aceitar nosso convite, ficamos felizes em receber você em nossa "casa".
E nesse dia tão especial desejamos um Feliz dia dos Pais bem especial a todos os papais de primeira viagem!

Um beijo,
As mamães!



Vocês não sabem o que é ser avô de primeira viagem...

É realmente o que se diz, você não se preocupa com as obrigações, só quer as coisas boas, e na verdade, você só vê coisas boas... preocupação com o futuro, escola, faculdade, nem pensar, só o sorriso, um dedinho, um soluço, um chorinho... maravilhoso.

Mas, não posso dizer que a cada criança que você vê ou ouve, um choro de nenê na rua, não tem como não levantar a cabeça à procura do rostinho, comparar os olhinhos, ou a covinha na bochecha, no queixo, é até chato, os pais ficam olhando desconfiados, e nas lojas de roupas infantis e brinquedos, os vendedores já sabem, “avós babando os netinhos”, tem que olhar tudo, pegar e imaginar como a Kaká (Clarice) ficaria..., é muito bom.

A comparação com os filhos, a cada novidade dos netos a lembrança e a comparação com o passado, como foi com os filhos, aí sim bate a saudade e até um pouquinho de remorso, imaginando que poderia ter sido melhor com os filhos, não sei se todos pensam assim...

A distância e a saudade, o mais difícil, minha netinha já tem hoje 5 meses e 11 dias, só convivi com ela 13 dias, só isso, estou em desvantagem a vovó ficou 60 dias e depois mais 12 dias.
E o futuro... não o dos netos, mas o nosso junto deles, daqui a exatamente 1 ano (bissexto), 10 meses e 17 dias (ou seja 596 dias) me aposento, as passagens já estão compradas, a dúvida é saber em que bairro vamos morar.

A rapidez como as coisas acontecem, aquele “cisco de gente”, 3,480 Kg, já está quase andando, dando gargalhadas e fazendo outras peripécias, que inveja... mas também, como minha filhinha, de repente deixou de ser a briguenta da casa e virou uma mulher, mãe, senhora, dona de seu nariz, sabendo o que quer para si e para sua filhinha...

Que fase boa da vida, ser avô, um presente daquele que em sua Grandeza, Arquiteta o Universo.
E de quebra para o vovozinho lobo mau ainda tem a vovozinha...
Amo muito vocês e agradeço a Deus pela minha família e minha vida.

Sou o avô de primeiríssima viagem da Clarice, pai da Carol
Vô Schmidt

5 comentários:

  1. Adorei! Até me emocionei com o relato! Feliz dia dos pais duplamente! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Que lindo depoimento!!!A paternidade é mesmo uma coisa mágica. Imagino ser pai-avô! E ainda mais quando se trata da Clarice, uma neném linda, adorável, muito mais que esperta, com uma beleza e inteligência extraordinárias. É mesmo um grande presente.


    Andrea Schmidt

    ResponderExcluir
  3. Arrasou vovô da Clarice!!!! a melhor parte é q ainda tem a vovózinha kkkkkkkkkkkk
    beeijo e feliz dia dos pais!

    ResponderExcluir
  4. Linda participação Vovô, muito obrigada pela sua participação no nosso blog. É uma honra e volte sempre que quiser para contar mais aventuras desta experiencia maravilhosa.
    bjsss

    ResponderExcluir